Home FilmesCinema Wrath of Man: Se queres uma boa dose de ação, chama o Statham

Wrath of Man: Se queres uma boa dose de ação, chama o Statham

by Beatriz Silva

Guy Ritchie volta aos grandes ecrãs com um filme de ação/thriller, depois do sucesso do seu último filme The Gentlemen. E quem é que era capaz de nos entreter durante 2 horas num filme destes? Jason Statham, claro.

Desde que realizou King Arthur: Legend of the Sword em 2017, Guy Ritchie fez alguns trabalhos como argumentista em episódios de Snatch, até voltar a sentar-se na cadeira da realização com o seu filme de 2019, Aladdin (fora do seu registo habitual, ou que pelo menos estamos habituados). Desde então, tem sido de vento em popa, sendo que ainda em 2019 tivemos The Gentlemen que surpreendeu muito (e que agora vai virar série).

E agora, dois anos volvidos, temos Wrath of Man (Um Homem Furioso), que nos traz a história de um homem, conhecido por H, que começa a trabalhar como guarda de carrinhas de valores, quando as coisas começam a dar para o torto.

E claro, quem melhor para protagonizar senão o ator que está mais do que habituado a fazer filmes deste género? O nome é óbvio para todos nós porque Jason Statham já provou várias vezes ser a escolha ideal. Eu sei que muitas das vezes o Statham tem aquela poker face tão característica, esteja feliz, esteja triste, esteja furioso. Mas que ele entrega tudo o que tem e que estes filmes exigem, é inegável.

Holt McCallany as Bullet, Jason Statham as H, Josh Hartnett as Boy Sweat Dave, and Rocci Williams as Hollow Bob in director Guy Ritchie’s WRATH OF MAN, A Metro Goldwyn Mayer Pictures film.
Photo credit: Metro Goldwyn Mayer Pictures
© 2021 Metro-Goldwyn-Mayer Pictures Inc. All Rights Reserved

Como tal, acho honestamente que era preciso alguém com o lado mais misterioso que ele proporciona para que o filme funcionasse conforme a história é contada.

Guy Ritchie optou por dividir o filme em vários capítulos, alterando a ordem cronológica dos acontecimentos dentro dos mesmos para que pudéssemos perceber a história no seu todo e especialmente o que nos levou a alguns momentos específicos do filme. Wrath of Man consegue então manter-nos interessados em resolver este mistério e o porquê de seguirmos este homem com esta profissão, porque não nos deixa a adivinhar logo o plot final, ou pelo menos a partir do 3º capítulo.

Acho que o início de tudo demorou mais tempo do que deveria, mas percebo a intenção de não nos querer deixar com pontas soltas ou pelo menos desinformados. Para além de que é incrível como Guy consegue fazer com que estejamos investidos em toda ação e o thriller, como também nos dá bons momentos que nos fazem soltar uma valente gargalhada.

Jason Statham stars as H in director Guy Ritchie’s WRATH OF MAN, A Metro Goldwyn Mayer Pictures film.
Photo credit: Metro Goldwyn Mayer Pictures
© 2021 Metro-Goldwyn-Mayer Pictures Inc. All Rights Reserved

Quero destacar ainda o trabalho da banda sonora de Christopher Benstead, que nos proporcionou composições intensas que acompanharam muito bem o ritmo mais lento do filme, assim como o mais frenético, e ainda todo o trabalho de som feito com os disparos principalmente (embora por vezes estivesse mesmo muito alto o som).

 

Finalmente, resta-me falar do restante elenco composto por alguns nomes conhecidos como Andy García, Josh Hartnett, Jeffrey Donovan, Scott Eastwood, Laz Alonso e Chris Reilly, entre outros, que vão compondo a história à volta de H com vários crimes à mistura. É um elenco forte e que surpreende no filme.

Wrath of Man é então um bom filme para quem gosta de ação com uma boa dose de thriller, para quem gosta de ver Statham mais uma vez no papel principal e especialmente para quem gosta do trabalho de Guy Ritchie, sendo mesmo um daqueles filmes que vos vai deixar inquietos na cadeira durante 2 horas e que, se fosse possível consumir pipocas, vos ia fazer com que alguns saltos fizessem voar algumas!

You may also like

Leave a Comment

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00