Home Novidades The Walt Disney Company: Revelados novos conteúdos para os próximos anos

The Walt Disney Company: Revelados novos conteúdos para os próximos anos

by João Pedro

Com o intuito de revelar os próximos passos na sua expansão de streaming à escala global, a Walt Disney Company realizou ontem o Investor Day 2020. Foram revelados novos detalhes sobre o futuro do serviço, e um olhar vasto para o entretenimento que a empresa promete oferecer aos seus subscritores. 

Bob Chapek, CEO da Disney, e Bob Iger, Presidente Executivo e Presidente do Conselho, lideraram o Investidor Day 2020, que incluiu apresentações dos chefes das equipas de conteúdo e distribuição da empresa, juntamente com atualizações financeiras de Christine McCarthy, vice-presidente executiva sénior e diretora financeira, e Lowell Singer, vice-presidente sénior de relações com investidores.

Durante a apresentação, a empresa anunciou que, a partir de 2 de dezembro, o seu portfólio de serviços ao consumidor ultrapassou um total de 137 milhões de subscrições globais, incluindo 11,5 milhões de subscritores ESPN +, 38,8 milhões de subscritores Hulu e 86,8 milhões de subscritores Disney + desde o lançamento em novembro de 2019.

Por conseguinte, a Walt Disney Company partilhou a expectativa de que os seus serviços de streaming poderão atingir o resultado de 300-350 milhões de subscritores totais até ao ano fiscal de 2024, impulsionado principalmente por um aumento significativo na produção de conteúdo.

  • Star 

Com base no lançamento bem-sucedido da Disney + Hotstar na Índia e na Indonésia, a Disney partilhou novos detalhes para uma nova marca de conteúdos de entretenimento internacional, a Star, que será incluída como parte da Disney + em mercados internacionais selecionados, e lançada como serviço de streaming separado na América Latina: a Star +.

A marca Star vai apresentar um vasto leque de conteúdos criativos da Disney Television Studios, FX, 20th Century Studios, 20th Television e muito mais, aprimorados pela adição de programação local das regiões, quando disponível.

Star vai chegar à Europa e a vários outros mercados internacionais no dia 23 de fevereiro de 2021. A Disney + será atualizada para oferecer controlos parentais aprimorados, permitindo a capacidade de definir limites de acesso ao conteúdo para perfis específicos, com base nas classificações de conteúdo e a capacidade de adicionar um PIN para bloquear perfis com acesso a conteúdo adulto.

Na Europa, o preço do serviço será de € 8,99 por mês, com um ajuste de preço semelhante nos outros mercados de lançamento da Star, incluindo Austrália, Nova Zelândia e Canadá. Star não deverá chegar a Portugal logo em fevereiro, mas é expectável que o serviço esteja disponível ainda em 2021.

Futuro do conteúdo Disney 

No evento, foi apresentada uma nova gama de conteúdos para alimentar o ecossistema do consumidor da Disney. Nos próximos anos, a Disney + planeia lançar cerca de 10 séries de “Star Wars”, 10 séries em torno do universo Marvel, bem como 15 séries Disney Live, Disney Animation e Pixar, 15 Disney live action, Disney Animation e recursos da Pixar – tudo isto em adição ao conteúdo definido para estrear nos cinemas antes de chegar ao serviço de streaming.

Além disso, foi anunciado que “Raya and the Last Dragon” estará disponível no Disney + com acesso Premier, ao mesmo tempo em que é lançado nos cinemas, a 5 de março de 2021. O acesso Premier para o filmes terá um preço de $ 29,99. Internacionalmente, muitos dos próximos originais da Disney Television Studios, FX e 20th Century Studios também vão chegar à Disney + no formato de originais Star.

  • Conteúdo Disney Television Studios

A Disney Television Studios partilhou novidades em torno das séries que tem em desenvolvimento, incluindo dois projetos inspirados em propriedades da Disney: “Beauty and the Beast” (título provisório), protagonizado por Luke Evans e Josh Gad com novas músicas compostas por Alan Menken; e “Swiss Family Robinson”, que é uma nova abordagem ao clássico de Ron Moore e Jon M. Chu. Em adição, o estúdio também está a trabalhar em “Percy Jackson and the Olympians”, com base nos livros de Rick Riordan da Disney Publishing Worldwide.

Atualmente, a Disney Television Studios está a produzir quatro live actions com estreia na Disney + para 2021: “The Mighty Ducks: Game Changers”, “Big Shot”, “The Mysterious Benedict Society” e “Turner & Hooch”.

  • Conteúdo National Geographic 

No que toca ao conteúdo National Geographic, foi revelado o Disney+ slate, que inclui novas obras como “Limitless With Chris Hemsworth”, “Welcome to Earth” (título provisório) com Will Smith, e uma quarta temporada de “Genius”, que vai incidir em Martin Luther King Jr.

O estúdio também anunciou o novo documentário “Cousteau”, que vai estrear nos cinemas antes de chegar à Disney +, ao lado da nova série de documentários “Secrets of the Whales”, “A Real Bug’s Life” e “America The Beautiful”.

  • Conteúdo Hulu e Star

“The Kardashian Jenners” surgiu como uma nova aposta global de um acordo de vários anos, com transmissão exclusivamente na Hulu, nos Estados Unidos e internacionalmente na Star, com estreia esperada no final de 2021. Também a chegar à Hulu e Star nos próximos ano, estão as séries premium “Only Murders in the Building”, “The Dropout”, e “Dopesick”.

Em 2021, a lista de originais da FX, que inclui “The Old Man”, “American Horror Stories”, “Platform”, “Reservation Dogs” e “Y: The Last Man” estarão disponíveis na Hulu nos EUA, e no Star em vários mercados internacionais.

“The Handmaid’s Tale”, da Hulu, foi renovada para uma quinta temporada, e “Nine Perfect Strangers”, uma nova série protagonizada e produzida por Nicole Kidman, juntamente com David E. Kelley, será lançada no próximo ano.

Além da Hulu nos EUA, a marca de conteúdo premium FX vai disponibilizar a sua biblioteca de conteúdos e novos originais exclusivos para a Star em todo o mundo. Por conseguinte, a FX encomendou também quatro temporadas adicionais de “It’s Always Sunny in Philadelphia”.

Para além disso, o grupo anunciou que está a desenvolver uma adaptação de “Alien”, clássico do género de terror, e está em negociações avançadas para a encomenda de duas temporadas de “The Stones”, uma série dramática sobre “The Rolling Stones”. Não menos importante, a FX decidiu também prometeu embarcar na aventura de voltar a apostar em “Shōgun”, uma das suas séries mais arrebatadoras e sofisticadas, ambientada no Japão feudal.

  • Conteúdo Walt Disney Studios

Lucasfilm

A Lucasfilm anunciou um número impressionante de séries e novos filmes destinados a expandir a galáxia de “Star Wars”. Entre os projetos para Disney + estão “Obi-Wan Kenobi”, protagonizado por Ewan McGregor com Hayden Christensen a regressar como Darth Vader, e duas séries ambientadas na era “Mandalorian”, de Jon Favreau e Dave Filoni: “Rangers of the New Republic” e “Ahsoka”.

Entre as restantes obras anunciados, surgem “Andor”, “Star Wars: The Bad Batch”, “Star Wars: Visions”, “Lando”, “The Acolyte” e “A Droid Story”. A título de curiosidade, o estúdio também vai apostar “Willow”, numa nova série, com Warwick Davis a regressar ao papel.

O próximo filme de “Star Wars”, com lançamento previsto para dezembro de 2023, será “Rogue Squadron”, que vai ser  realizado por Patty Jenkins, de “Wonder Woman”. Em adição, foi anunciada uma outra longa-metragem dedicada a este universo, que terá o dedo de Taika Waititi. A juntar a isso, foi ainda efetuada uma abordagem ao próximo filme da saga “Indiana Jones”, realizado por James Mangold.

Walt Disney Studios Motion Pictures Production

Para a Disney +, o estúdio revelou uma linha repleta de originais, e confirmou oficialmente que vai produzir “Hocus Pocus 2”, reboots de “Three Men and a Baby” com Zac Efron e “Cheaper by the Dozen” com Kenya Barris e Gabrielle Union, e um novo “Sister Act”, com Whoopi Goldberg.

Entre outros projetos revelados, temos: “Chip ‘N Dale: Rescue Rangers”, uma mistura de animação e live action, protagonizado por John Mulaney e Andy Samberg; “Pinocchio”, realizado por Robert Zemeckis e protagonizado por Tom Hanks; “Peter Pan & Wendy”, protagonizado por Jude Law, na pele Capitão Gancho, e Yara Shahidi como Sininho; e ainda uma sequela de “Disenchanted”, com Amy Adams a regressar como Giselle.

No que toca a filmes biográficos, em formato live-action, teremos “Greek Freak”, sobre Giannis Antetokounmpo, da NBA, bem como outras obras sobre Keanon Lowe e Chris Paul. O grupo também está a desenvolver novas animações em torno de “Diary of a Wimpy Kid”; “The Ice Age Adventures of Buck Wild”, com Simon Pegg; e “Night at the Museum”.

O estúdio também apresentou uma lista de novos filmes, que incluiu “Jungle Cruise”; “Cruella”; uma prequela de “The Lion King”; e “The Little Mermaid”.

Walt Disney Animation Studios

A Walt Disney Animation Studios também fez vários anúncios, com destaque para “Encanto”, a próxima longa-metragem a estrear, que inclui novas canções de Lin-Manuel Miranda, e que deverá chegar aos cinemas em novembro de 2021. O estúdio também revelou que “Raya and the Last Dragon” vai chegar simultaneamente ao acesso Premier do Disney +, e aos cinemas, em março de 2021.

Em contrapartida, foram também anunciadas várias séries novas, como “Baymax”, “Zootopia +”, “Tiana” e “Moana, The Series”, bem como “Iwájú”, que será produzida em colaboração com a Kugali, uma empresa pan-africana de entretenimento.

Pixar Animation Studios

A Pixar revelou a chegada da série “Win or Lose”, que estreia no Disney + no outono de 2023, e dois novos filmes com lançamentos marcados para 2022: “Turning Red”, de Domee Shi, e “Lightyear”, a história sobre a origem de Buzz Lightyear. Chris Evans vai dar voz ao herói na sua jornada para se tornar o Ranger do Espaço mais famoso de todos os tempos. Adicionalmente, foi também anunciado “Luca”, uma longa-metragem original que vai chegar aos cinemas no próximo verão.

No que toca a séries, teremos “Inside Pixar”, “Pixar Popcorn”, “Dug Days” e “Cars”, bem como “Soul” (filme) e “Burrow” (curta-metragem) – sendo que estas duas últimas obras chegam à plataforma no dia 25 de dezembro de 2020.

Marvel Studios

A Marvel Studios divulgou os planos para a expansão e o futuro do universo cinematográfico da Marvel, ao revelar detalhes sobre os próximos conteúdos para Disney + e cinemas.

Entre as dezenas de projetos que estão na calha para chegar, foram reveladas três novas séries para a Disney +: “Secret Invasion”, protagonizada por Samuel L. Jackson, “Ironheart”, com Dominique Thorne, e “Armor Wars”, protagonizada por Don Cheadle na pele de James Rhodes.

A estas, juntam-se os seguintes projetos: “WandaVision”, “The Falcon and The Winter Soldier”, “Loki”; “What If… ?”; “Ms. Marvel”; “Hawkeye”, com Hailee Steinfeld a juntar-se a Jeremy Renner; “She-Hulk”, protagonizada por Tatiana Maslany ao lado de Mark Ruffalo e Tim Roth; “Moon Knight”; “Guardians of the Galaxy Holiday Special”; e “I Am Groot”, uma série de curtas sobre o personagem.

No que a filmes novos diz respeito, teremos: “Ant-Man and the Wasp: Quantumania”, a terceira longa-metragem da franquia “Ant-Man”, e ainda “Fantastic Four”. Os próximos filmes da Marvel Studios também incluem “Black Widow”, “Shang Chi and The Legend of The Ten Rings”, “Eternals”, “Doctor Strange In The Multiverse of Madness”, “Thor: Love and Thunder”, “Black Panther 2”, “Blade”, “Captain Marvel 2”, e “Guardians of the Galaxy Vol. 3”.

You may also like

Leave a Comment

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00