Home RubricasBox-Office Liam Neeson regressa ao 1º lugar do box-office num cenário bem diferente

Liam Neeson regressa ao 1º lugar do box-office num cenário bem diferente

by Miguel Revel

Uma análise ao box-office da semana de 29 de Outubro a 4 de Novembro, marcada pelo Halloween e pelo feriado de 1 de Novembro, mas sobretudo pelas restrições de circulação entre concelhos.

No ano passado, Liam Neeson estreou mais um dos seus filmes de ação, “Cold Pursuit”, no primeiro lugar do box-office português. Visto por 46.439 espectadores na semana de estreia de 7 a 13 de Fevereiro, o remake foi um dos êxitos do primeiro trimestre de 2019.

© 2020 Open Road Films. All Rights Reserved.

Avançando uns tempos, chegamos ao final de Outubro de 2020 com mais um filme de ação de Liam Neeson, Honest Thief, do criador da premiada série “Ozark”, e podemos considerar os resultados bem inferiores de 9.616 espectadores, como uma boa vitória. Quem diria?

Em segundo lugar encontramos “Listen”, o multi-premiado filme português de Ana Rocha de Sousa, que teve uma quebra mínima da primeira para a segunda semana de exibição, tendo sido visto por mais 8.252 pessoas, num total de 14 dias de 22.330 espectadores.

© 2020 Warner Bros. All Rights Reserved.

Infelizmente, no terceiro lugar ficamos perante uma grande derrota, mesmo em tempos de pandemia. “Roald Dahl’s The Witches”, o novo filme de Robert Zemeckis teve muita dificuldade em afirmar-se nos cinemas, ficando-se pelos 4.256 espectadores. Com Anne Hathaway, Octavia Spencer, Chris Rock e Stanley Tucci e do realizador de “Back to the Future”, “Forrest Gump”, “Cast Away”, entre muitos outros… seria de esperar um resultado melhor, mesmo em tempos pandémicos.

Mas na verdade, se analisarmos o desempenho no box-office português dos últimos filmes do realizador, tem sido uma consecutiva trajetória de vitória-derrota-vitória-derrota… Em Janeiro de 2013, “Flight” (com Denzel Washington) estreou com 38.471 espectadores ; em Outubro de 2015 “The Walk” (sobre o ‘Homem no Arame’ entre as Torres Gémeas) nem chegou aos 15 mil (13.218) ; em Dezembro de 2016 “Allied” foi um sucesso, começando logo com 67.569 espectadores na semana de estreia ; mas “Welcome to Marwen” nem estreou nos cinemas portugueses, tendo sido lançado nos canais TVCine a 15 de Março deste ano. O próximo filme do realizador, “The King”, é um biopic protagonizado por Dwayne Johnson sobre o Rei do Hawaii, Kamehameha I, que se encontra neste momento em pré-produção.

© 2020 Focus Features. All Rights Reserved.

Regressando ao box-office português, o filme de terror deste Halloween foi sem dúvida “Come Play”, com 4.130 espectadores, no 4º lugar da tabela, bem acima da outra aposta, “The Craft: Legacy”, que com 1.803 espectadores não passou do 9º lugar.

A destacar ainda a batalha na animação entre “Trolls: World Tour” e “Salma’s Big Wish”, respetivamente, em 5º e 7º lugares, com 3.414 e 2.663 espectadores. Curiosamente, num contínuo desentendimento entre a Universal Pictures e a NOS Audiovisuais, “Trolls: World Tour” à semelhança dos outros filmes do estúdio desde o início da disputa com “Hobbs & Shaw”, não estreou em nenhum cinema NOS, mesmo agora tendo distribuição da Cinemundo. Este travão à exibição impediu a sequela de chegar a muito mais famílias. Por sua vez, a NOS apostou na animação independente da Big Picture Films para aliciar os mais novos, mas esteve longe de obter os mesmos resultados de “Pets United” no início de Outubro.

© 2020 Universal Pictures. All Rights Reserved.

Nos próximos tempos vamos ver os resultados do box-office extremamente afetados pelas novas medidas restritivas do governo. Entre 5 e 11 de Novembro os cinemas têm de encerrar até às 22h30 e nos fins de semana de 14 e 15 de Novembro e 21 e 22 de Novembro têm de encerrar até às 13h00! Ou seja, a maioria nem vai abrir, num golpe ainda mais duro para os cinemas que até durante a semana já se encontravam encerrados pelos baixos números de espectadores.

You may also like

Leave a Comment

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00