Home SériesSéries - StreamingNetflixCríticas Inventing Anna: Primeiras impressões

Inventing Anna: Primeiras impressões

by Beatriz Silva

Inventing Anna chega à Netflix no dia 11 de fevereiro pelas mãos de Shonda Rhimes, depois da sua estreia nessa plataforma em 2020 como produtora da série de sucesso, Bridgerton.

Inventing Anna conta-nos a história sobre Anna Delvey, uma herdeira alemã que conseguiu conquistar a elite social de Nova Iorque, assim como enganá-los financeiramente ao longo das suas conquistas. Toda a série é contada a par e passo que uma jornalista, que aqui é a representação de Jessica Presley (autora do artigo do New York Magazine “How Anna Delvey Tricked New York’s Party People” em que a série se inspira), que vai tentando responder à pergunta que não quer calar: Mas afinal quem é Anna Delvey?

Nem sei bem se chame drama biográfico ao que vi, porque como a própria série assume, é tudo verdade exceto a maioria das partes que são inventadas. Depois de ver quatro episódios, sinto que a minissérie tinha um potencial que nunca é verdadeiramente alcançado, embora no 4º episódio já comece a ganhar novamente o ritmo que o primeiro teve e que se foi perdendo nos outros. Talvez isto se deva ao facto dos episódios serem desnecessariamente grandes, com mais de uma hora por vezes, e que as coisas facilmente poderiam ter sido condensadas. Mas também não posso negar que ver as coisas a acontecerem, mesmo que com uma longa duração, fez com que os episódios se tornassem mais interessantes.

Inventing Anna. (L to R) Julia Garner as Anna Delvey, Anna Chlumsky as Vivian Kent in episode 108 of Inventing Anna. Cr. Nicole Rivelli/Netflix © 2021

Shonda Rhimes tem conseguido, ao longo dos anos, trazer as mulheres para o papel de protagonistas nas suas criações, seja em Anatomia de Grey, Scandal, Bridgerton, entre outras. E depois do sucesso de Bridgerton, todos estávamos à espera de ver qual seria a próxima produção de Shondaland. Mas desta vez a Shonda decidiu ir mais além, sendo ela a escrever a série para além de a produzir.

E não é que não tenha conseguido, atenção. Creio que apenas estava à espera de algo diferente. De facto é interessante que cada episódio se foque numa perspetiva das pessoas que conhecem a Anna e como é que, não só a vêem, como o que é que conhecem desta Anna, sendo que as histórias não batem certo umas com as outras.  Também gostei do facto de meio começarmos do fim para o início, com Anna na prisão e só à medida que as coisas acontecem, é que vamos conhecendo a história dela.

É inevitável falar de Julia Garner como a verdadeira estrela da série, não fosse ela também a protagonista. Depois de a vermos a brilhar em Ozark, Julia consegue trazer Anna Delvey para os ecrãs de uma maneira fantástica, seja no sotaque como na forma de se expressar fisicamente da sua personagem.

Por outro lado, acho que o que não me agarrou totalmente foi o papel de Vivian Kent, a jornalista encarregue de ir mais a fundo na história. Alguns pormenores durante a sua investigação não fazem grande sentido, custa ver o quão ela quer recuperar a carreira que, inevitavelmente, acaba por ir sendo “influenciada” por Anna de certa forma, como é que ela se perde neste mistério todo desta golpista.  E sendo que ela acaba por ser a nossa guia ao longo da série, era esperado que o papel dela nos fosse contando a história de uma forma fluida, mas acabamos por só nos podermos guiar pelos flashbacks, por vezes sem nenhuma ordem cronológica, dependendo da perspetiva dos entrevistados.

Inventing Anna. (L to R) Julia Garner as Anna Delvery, James Cusati Moyer as Val in episode 102 of Inventing Anna. Cr. David Giesbrecht/Netflix © 2021

Não me vou adiantar muito mais, até porque quatro episódios é muito pouco para poder dar uma nota concreta à minissérie e para o conseguir fazer, claro que vou ver tudo para perceber se realmente o primeiro impacto não foi o melhor mas espero que a história se consiga desenvolver de uma forma a culminar em mais uma produção de Shondaland bem sucedida na Netflix.

You may also like

Leave a Comment

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00