Indiana Jones and the Dial of Destiny – Crítica Filme

Indiana Jones (Harrison Ford) in Lucasfilm's INDIANA JONES AND THE DIAL OF DESTINY. ©2023 Lucasfilm Ltd. & TM. All Rights Reserved.

Quando eu tinha 10 anos, a minha mãe levou-me a ver as peripécias de uma lenda que a acompanhou nas suas aventuras de adolescente. Um arqueólogo, um professor, um investigador, um sarcástico da velha guarda, que, depois de descobrir arcas, templos e protagonizar cruzadas, viu-se a braços com a ambição de tocar o espaço entre os espaços, em busca do reino de uma caveira de cristal. Muitos anos depois, o velho ancião sai da sua gruta para protagonizar a última demanda em busca do destino. Foi a derradeira oportunidade para, desta vez, o filho levar a mãe de braço dado para testemunhar a última caça ao tesouro do mítico Dr. Jones. 

(L-R): Indiana Jones (Harrison Ford) and Helena (Phoebe Waller-Bridge) in Lucasfilm’s INDIANA JONES AND THE DIAL OF DESTINY. ©2023 Lucasfilm Ltd. & TM. All Rights Reserved.

(Clockwise from right): Colonel Weber (Thomas Kretschmann) and Doctor Jürgen Voller (Mads Mikkelsen) in Lucasfilm’s IJ5. ©2022 Lucasfilm Ltd. & TM. All Rights Reserved.

Indiana Jones (Harrison Ford) in Lucasfilm’s INDIANA JONES AND THE DIAL OF DESTINY. ©2023 Lucasfilm Ltd. & TM. All Rights Reserved.

(L-R): Indiana Jones (Harrison Ford) and Teddy (Ethann Isidore) in Lucasfilm’s INDIANA JONES AND THE DIAL OF DESTINY. ©2023 Lucasfilm Ltd. & TM. All Rights Reserved.

2

Related posts

The Acolyte – Primeiras Impressões Série

Furiosa: A Mad Max Saga – Crítica Filme

MAX chega a Portugal no dia 21 de maio! O que vai mudar?