close

Novidades

CerimóniasNovidades

As nomeações para a 71ª edição dos Emmy Awards

emmys 71

As nomeações para a 71ª edição dos Emmy Awards foram reveladas hoje pelos apresentadores D’arcy Carden (The Good Place) e Ken Jeong (Community). A HBO dominou as nomeações graças a Game of Thrones, arrecadando 137 indicações. Bem perto ficou a Netflix com 117 nomeações. A cerimónia está prevista para o dia 22 de setembro, ainda sem apresentadores.

Best Drama Series
Better Call Saul
Bodyguard
Game of Thrones
Killing Eve
This Is Us
Ozark
POSE
Sucession

Best Comedy Series
Barry
Fleabag
Russian Doll
The Marvelous Mrs. Maisel
Schitt’s Creek
The Good Place
VEEP

Best Limited Series
Chernobyl
Escape at Dannemora
Fosse/Verdon
Sharp Objects
When They See Us

Outstanding Lead Actress in a Drama Series
Sandra Oh, Killing Eve
Jodie Comer, Killing Eve
Robin Wright, House of Cards
Viola Davis, How to Get Away With Murder
Laura Linney, Ozark
Mandy Moore, This Is Us
Emilia Clarke, Game of Thrones

Outstanding Lead Actor in a Drama Series
Jason Bateman, Ozark 
Sterling K. Brown, This Is Us
Bob Odenkirk, Better Call Saul
Kit Harington, Game of Thrones
Billy Porter, POSE
Milo Ventimiglia, This Is Us

Outstanding Lead Actress in a Comedy Series
Christina Applegate, Dead to Me
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel
Phoebe Waller-Bridge, Fleabag
Natasha Lyonne, Russian Doll
Catherine O’Hara, Schitt’s Creek
Julia Louis-Dreyfus, VEEP

Outstanding Lead Actor in a Comedy Series
Anthony Anderson, Black-ish
Ted Danson, The Good Place
Don Cheadle, Black Monday
Bill Hader, Barry
Eugene Levy, Schitt’s Creek
Michael Douglas, The Kominsky Method

Outstanding Supporting Actress in a Drama Series
Lena Headey, Game of Thrones
Gwendoline Christie, Game of Thrones
Sophie Turner, Game of Thrones
Maisie Williams, Game of Thrones
Fiona Shaw, Killing Eve
Julia Garner, Ozark

Outstanding Supporting Actor in a Drama Series
Nikolaj Coster-Waldau, Game of Thrones
Peter Dinklage, Game of Thrones
Alfie Allen, Game of Thrones
Jonathan Banks, Better Call Saul
Giancarlo Esposito, Better Call Saul
Michael Kelly, House of Cards
Chris Sullivan, This is Us

Outstanding Supporting Actress in a Comedy Series
Sarah Goldberg, Barry
Sian Clifford, Fleabag
Olivia Colman, Fleabag
Betty Gilpin, GLOW
Kate McKinnon, Saturday Night Live
Marin Hinkle, The Marvelous Mrs. Maisel
Alex Borstein, The Marvelous Mrs. Maisel
Anna Chlumsky, VEEP

Outstanding Supporting Actor in a Comedy Series
Henry Winkler, Barry
Anthony Carrigan, Barry
Stephen Root, Barry
Alan Arkin, The Kominsky Method
Tony Shalhoub, The Marvelous Mrs. Maisel
Tony Hale, VEEP

Outstanding Lead Actress in a Limited Series or TV Movie
Patricia Arquette, Escape At Dannemora
Michelle Williams, Fosse/Verdon
Amy Adams, Sharp Objects
Joey King, The Act
Aunjanue Ellis, When They See Us
Niecy Nash, When They See Us

Outstanding Lead Actor in a Limited Series or TV Movie
Hugh Grant, A Very English Scandal
Jared Harris, Chernobyl
Benicio del Toro, Escape At Dannemora
Sam Rockwell, Fosse/Verdon
Mahershala Ali, True Detective
Jharrel Jerome, When They See Us

Outstanding Supporting Actor in a Limited Series or TV Movie
Ben Whishaw, A Very English Scandal
Stellan Skarsgård, Chernobyl
Paul Dano, Escape At Dannemora
Michael K. Williams, When They See Us
Asante Blackk, When They See Us
John Leguizamo, When They See Us

Outstanding Supporting Actress in a Limited Series or Movie
Emily Watson, Chernobyl
Margaret Qualley, Fosse/Verdon
Patricia Clarkson, Sharp Objects
Patricia Arquette, The Act
Marsha Stephanie Blake, When They See Us
Vera Farmiga, When They See Us

 

Vê o resto das nomeações aqui: https://www.emmys.com/awards/nominees-winners

Ler Mais
Novidades

Halle Bailey vai interpretar Ariel no live-action de “The Little Mermaid”

MV5BMTM5MDEwMTM2NF5BMl5BanBnXkFtZTcwMTgxMDIyNw@@._V1_SY1000_CR0,0,1408,1000_AL_

A Disney planeia fazer um live-action de “The Little Mermaid”. Entretanto, o estúdio anunciou que Ariel será interpretada por Halle Bailey. O filme deverá contar com a realização de Rob Marshall, que trabalhou recentemente em “Mary Poppins Returns”. 

Halle Bailey foi a escolhida para interpretar Ariel no live-action que a Disney vai conceber de “The Little Mermaid”. Tal como fez em relação a “Beauty and the Beast”, “Aladdin” ou “The Lion King”, o estúdio pretende contar a história da mermaid princess num formato inovador. 

O clássico de 1989 arrecadou o Óscar de Melhor Animação, e agora, a expectativa é que a nova longa-metragem cumpra o seu papel de obra nostálgica junto do público que cresceu com a animação, e que conquiste novas gerações. 

A Disney confiou este trabalho em particular ao cineasta Rob Marshall, que se tornou um colaborador de confiança do estúdio depois de “Into the Woods” e “Mary Poppins Returns”. 

No que toca a negociações relacionadas com o elenco do projeto, surgiu o rumor de que Melissa McCarthy poderia interpretar Ursula, não obstante, a informação ainda não foi confirmada. Em contrapartida, está definido que Jacob Tremblay vai dar voz a Flounder, enquanto que Awkwafina dará voz a Scuttle.

Recentemente, Marshall emitiu um comunicado a confirmar que a personagem principal será interpretada por Bailey:

“After an extensive search, it was abundantly clear that Halle possesses that rare combination of spirit, heart, youth, innocence, and substance – plus a glorious singing voice – all intrinsic qualities necessary to play this iconic role”. 

De acordo com o comunicado de imprensa da Disney, serão efetuados outros anúncios relacionados com o elenco do projeto nas próximas semanas. A produção vai começar no início de 2020, e promete incluir músicas inéditas. 

Enquanto isso, David Magee, que escreveu o argumento de “Mary Poppins Returns”, vai trabalhar na concepção da história. Desta feita, Magee vai basear-se num primeiro rascunho que foi idealizado por Jane Goldman (“Kingsman”).

Ler Mais
Novidades

Daniel Craig e Chris Evans protagonizam “Knives Out” de Rian Johnson

knives out daniel craig

O primeiro trailer de “Knives Out”, o novo filme de Rian Johnson, foi divulgado. Com um elenco encabeçado por Daniel Craig, Chris Evans, Jamie Lee Curtis e Christopher Plummer, este filme poderá ser uma das ofertas mais interessantes de non-franchise em 2019.

No passado mês de Abril, foi revelado um primeiro olhar sobre “Knives Out”, porém, como o novo filme de Rian Johnson só deverá estrear no final de 2019, a Lionsgate não tinha pressa em lançar a campanha oficial de marketing… até agora. 

Numa entrevista que deu recentemente à Entertainment Weekly, Johnson forneceu alguns detalhes interessantes sobre a história e, adicionalmente, foi revelado o primeiro trailer da obra. 

Christopher Plummer interpreta Harlan Thrombey, um escritor famoso que é assassinado durante a festa em que celebra o seu octagésimo oitavo aniversário. De acordo com Johnson, Harlan tem um “império massivo” para o seu nome e a sua família.

Parece que a riqueza é a principal motivação por trás do crime cometido, e Benoit Blanc, retratado por Daniel Craig, suspeita que um dos familiares está por trás do homicídio. É por isso que ele não quer que ninguém abandone o cenário do crime até que a investigação seja concluída. 

Obviamente, o trailer não resolve o caso, mas é curioso que Johnson tenha afirmado que Ana de Armas desempenha um “papel muito central” na condição de enfermeira de Harlan. Com Johnson ao leme, será intrigante ver como a história se desenrola.

Um aspecto curioso acerca de “Knives Out” incide na chance de vermos duas estrelas da indústria atual de Hollywood – Craig e Chris Evans – a trabalhar em registos diferentes aos que nos têm habituado nos últimos anos. 

O primeiro, mais conhecido por encarnar o espião mais famoso do cinema, assume um sotaque diferente e até peculiar. Evans, que durante anos deu a cara ao nobre Steve Rogers no MCU, perde completamente a persona do Capitão América para interpretar Ransom, o neto presunçoso de Harlan. 

A estes nomes, juntam-se ainda à lista Toni Colette, Michael Shannon, LaKeith Stanfield, Katherine Langford, e por aí fora. 

Desta feita, enquanto que os clássicos de Agatha Christie (e similares) continuam a fornecer uma base ampla para adaptações, Rian Johnson criou o seu próprio mistério em torno de um homicídio. Assim, “Knives Out” é a sua primeira longa-metragem desde “Star Wars: The Last Jedi”

Por agora, o filme tem data de estreia prevista para o dia 28 de novembro de 2019 nas salas de cinema em Portugal. 

Ler Mais
Novidades

The Witcher: Reveladas imagens e cartaz da série da Netflix

Netflix_TheWitcher_IG-GRID_Phase004_04

Já foram reveladas imagens, assim como o logótipo e o cartaz, da nova série da Netflix prevista para o fim de 2019, “The Witcher”!

A série “The Witcher” é inspirada nas obras de Andrzej Sapkowski, que mais tarde deram origem aos famosos videojogos, e vai ser protagonizada por Henry Cavill (Superman) que vai interpretar Geralt of Rivia.

O filme segue então Geralt, um caçador de monstros que tenta encontrar o seu lugar num mundo em que as pessoas são perversas. Até que o destino o junta a uma feiticeira e a uma princesa com um segredo e os três vão ter que aprender juntos a navegar o volátil Continente.

No elenco e nas fotografias reveladas, também encontramos também Anya Chalotra (Wanderlust) que vai ser Yennefer e Freya Allan (Into the Badlands) como Ciri.

No elenco encontramos também ainda alguns nomes como:

  • Jodhi May (Game of Thrones, Genius) como Calanthe
  • Björn Hlynur Haraldsson (Fortitude) como Eist
  • Adam Levy (Knightfall, Snatch) como Mousesack
  • MyAnna Buring (Ripper Street, Kill List) como Tissaia
  • Mimi Ndiweni (Black Earth Rising) como Fringilla
  • Therica Wilson-Read (Profile) como Sabrina
  • Emma Appleton (The End of The F**king World) como Renfri
  • Eamon Farren (The ABC Murders, Twin Peaks) como Cahir
  • Joey Batey (Knightfall, Strike) como Jaskier
  • Lars Mikkelsen (House of Cards, Sherlock) como Stregobor
  • Royce Pierreson (Wanderlust, Judy) como Istredd
  • Maciej Musiał (1983) como Sir Lazlo
  • Wilson Radjou-Pujalte (Jamillah & Aladdin, Dickensian) como Dara
  • Anna Shaffer (Harry Potter) como Triss.

A série vai marcar presença na Comic Con de San Diego que se realiza de 18 a 21 de julho, num painel dia 19 às 14h15. Do elenco vai estar presente Henry Cavill, Anya Cholatra e Freya Allan assim como Lauren Schmidt Hissrich, a showrunner da série.

Ainda não há data de estreia mas está prevista para o final deste ano ainda e vão poder ver a série em Netflix.com/TheWitcher

the witcher logo

geralt of rivia the witcher

Fotografias: Netflix

Ler Mais
Novidades

Space Jam 2: Tudo o que já se sabe sobre o filme

space jam 2

Foi em 1996 que vibrámos com Michael Jordan acompanhado de personagens de animação como Bugs Bunny e outros do Looney Tunes. 25 anos depois, em 2021, chega-nos Space Jam 2, desta vez com outro jogador de basquetebol bem conhecido do público.

Mas o que é que já se sabe sobre este filme tão aguardado? Vamos explorar tudo aqui!

Ryan Coogler vai produzir o filme

Ryan Coogler, realizador do aclamado filme da Marvel Black Panther e de Creed 2, vai ser o produtor deste segundo filme baseado no basquetebol.

Terence Nance é o realizador

Houve rumores de que seria Justin Lin (Fast & Furious) quem iria realizar o filme. Mas no fim foi Terence Nance, criador da série da HBO “Random Acts of Flyness”, o realizador escolhido para o papel.

LeBron James vai ser o protagonista

Se em 1996 tivemos Michael Jordan a protagonizar o filme, desta vez foi escolhido outro basquetebolista, LeBron James que já participou em filmes como Trainwreck e que é também executor produtivo deste segundo filme de Space Jam.

Space Jam 2 é um reboot

Embora haja a ideia de que é uma sequela devido ao número 2 à frente do título, este é na verdade um reboot.

Sonequa Martin-Green vai fazer parte do elenco

Sonequa Martin-Green, mais conhecida pelos seus papéis em The Walking Dead e Star Trek: Discovery, juntou-se ao elenco de Space Jam 2, para interpretar a mulher da personagem de LeBron James.

Stephen Curry recusou um cameo no filme

Há esforços para que mais estrelas da NBA se juntem ao filme, mas uma delas, Stephen Curry, já se recusou a entrar no filme muito devido a conflitos de agenda. Apesar disso, reforçou em entrevistas que acredita que LeBron e Ryan vão fazer “coisas incríveis juntos”.

A data prevista de estreia de Space Jam 2 é dia 16 de julho de 2021 e a produção do mesmo já começou!

O anúncio foi feito no Twitter da estrela da NBA.

 

Ler Mais
Novidades

Paramount vai distribuir novo filme com Scorsese e DiCaprio

leonardo dicaprio martin scorsese

De acordo com o Deadline, “Killers of the Flower Moon”, o filme que vai voltar a juntar Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio, foi adquirido pela Paramount Pictures. O estúdio irá financiar e distribuir a longa-metragem após um acordo anunciado no CineEurope em Barcelona.

Leonardo DiCaprio e Martin Scorsese vão trabalhar juntos em “Killers Of The Flower Moon”. Como não deverá ser novidade para ninguém, estes dois “monstros” da indústria cinematográfica já estiveram lado a lado em algumas ocasiões (“Gangs of New York”, “The Aviator”, “The Departed”, “Shutter Island” e “The Wolf of Wall Street”).

Para além de protagonizar, DiCaprio, assume também funções de produtor, com Scorsese a ocupar a cadeira da realização. Quanto ao argumento, será adaptado por Eric Roth (“Forrest Gump”, “The Insider”, “A Star is Born”).

Entretanto, Jim Gianopulos, o chefe da Paramount, anunciou que o estúdio fechou um acordo para financiar e distribuir “Killers of the Flower Moon”.

Baseado no livro de David Grann, este novo filme promete incidir na investigação que o FBI efetuou no início da década de 1920, quando começaram a surgir vários homicídios a famílias indígenas que, devido ao facto de terem recebido direitos sobre o petróleo descoberto nas suas propriedades, ficaram ricas.

No passado, DiCaprio participou em filmes que abordaram os primórdios do FBI (“J. Edgar” de Clint Eastwood) e a violência cometida contra os nativos americanos ao longo da história (“The Revenant”, de Alejandro G. Iñárritu).

Em 2016, a Imperative Entertainment pagou cinco milhões de dólares pelos direitos da adaptação do livro, e elegeu Eric Roth para trabalhar no argumento. Entretanto, Scorsese e DiCaprio demonstraram interesse no projeto durante o ano seguinte.

“Quando li o livro do David Grann, comecei a “vê-lo” imediatamente – as pessoas, as configurações, a ação – eu sabia que tinha de transformá-lo num filme”, declamou Scorsese num comunicado.

Por agora, é expectável que tanto DiCaprio como Scorsese entrem na rota da temporada de prémios deste ano, devido a “Once Upon a Time in… Hollywood”, de Quentin Tarantino, e “The Irishman” (onde Scorsese junta Robert DeNiro, Al Pacino, e um restante elenco de luxo).

Devem competir na temporada de premiações deste ano, graças ao seu papel em Once Upon a Time, de Quentin Tarantino, em … Hollywood e a biografia do hit do Netflix, The Irishman, respectivamente. A dupla pode se encontrar de volta na corrida do Oscar no próximo ano também, assumindo que Killers of the Moon Flower comece a filmar em breve para fazer uma data de lançamento final de 2020. Caso contrário, a colaboração mais recente do par soa bastante intrigante e, esperamos, manterá sua sequência de filmes impressionantes juntos.

Ler Mais
Novidades

Lionsgate quer adaptar o novo livro de “The Hunger Games”

the hunger games the mockingjay jennifer lawrence

Suzanne Collins anunciou que vai escrever uma prequela de “The Hunger Games”, cujo lançamento está previsto para 19 de Maio de 2020. Adicionalmente, de acordo com o The Hollywood Reporter, o filme será adaptado para o grande ecrã pela Lionsgate.

Suzanne Collins, a autora de “The Hunger Games”, anunciou que está a trabalhar na concepção de uma prequela da saga. O lançamento do livro está previsto para Maio de 2020, sendo que a adaptação cinematográfica deverá ter o cunho da Lionsgate.

As aventuras distópicas de Katniss Everdeen capturaram a atenção de muitas pessoas em 2008, aquando do lançamento do primeiro livro de “Hunger Games”. A história incide numa amálgama de temas clássicos de jovens adultos com o espírito de “1984”, de George Orwell, e uma boa dose de ficção científica.

O primeiro livro deu origem a uma trilogia, onde Katniss passou de uma simples voluntária no concurso de sobrevivência anual de Panem ao símbolo de uma revolução nacional que abalou o Capitólio e o seu regime maligno.

Muitos fãs deverão associar “The Hunger Games” a Jennifer Lawrence, visto que a longa-metragem de 2012 transformou a atriz numa verdadeira estrela de Hollywood. A trilogia foi desenvolvida em quatro filmes, todavia, pode-se argumentar que, tal como muitas outras adaptações para o grande ecrã, a franquia começou a perder força à medida que progredia.

No entanto, tanto os livros como os filmes cimentaram um legado duradouro, não fosse o aglomerado de fãs que nunca deixaram a franquia esmorecer por completo.

Agora, por meio da sua conta oficial no Twitter, a editora Scholastic anunciou que Suzanne Collins está a trabalhar num novo livro de “The Hunger Games”, com lançamento previsto para 19 de maio de 2020. O livro (atualmente sem título) vai funcionar como uma prequela da história original, uma vez que será ambientada sessenta e quatro anos antes das aventuras de Katniss Everdeen.

Joe Drake, o presidente da Lionsgate (o estúdio por trás dos filmes anteriores), afirmou recentemente que já estão a ser efetuadas negociações com a autora para que o novo livro seja adaptado ao cinema.

Efetivamente, esta é uma notícia fantástica para os fãs de “The Hunger Games”, especialmente porque Suzanne Collins ainda não tinha dado a entender que iria escrever mais um livro da saga.

A história de Katniss teve um final conclusivo. Porém, visto que a história será ambientada tantos anos antes, isto permitirá que a autora explore os lendários Dark Days logo após o Capitol tomar o controlo, sendo que os leitores também poderão ter um vislumbre do décimo torneio dos Hunger Games.

Ler Mais
Novidades

Divulgada primeira imagem de “West Side Story” de Steven Spielberg

west side story 1957

Os dados estão lançados. Steven Spielberg e a Twentieth Century Fox já começaram a trabalhar na nova versão de West Side Story. Entretanto, foi divulgada a primeira imagem oficial da longa-metragem, onde o destaque é entregue a Tony, de Ansel Elgort, e Maria, de Rachel Zegler.

As filmagens de “West Side Story”, de Steven Spielberg, já começaram. Em 2014, o cineasta admitiu o interesse em trabalhar numa nova versão do musical da década de 1950. Porém, foi somente no ano passado que ficou confirmada a aposta de Spielberg na conceção do projeto. Desde aí, foi anunciado que Ansel Elgort, Corey Stoll, Brian D’Arcy James e Rita Moreno (do filme original) iriam integrar o elenco.

Com o argumento de Spielberg e Tony Kushner, o novo “West Side Story” é adaptado do musical de 1957, ao invés do filme de 1961. Este último arrecadou dez Óscares em 1962, incluindo os galardões de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz Secundária (para Moreno).

Com esse tipo de legado, não é de admirar que a Disney e a Fox tenham agendado o lançamento desta versão de Spielberg para a temporada de prémios do ano que vem. Desta feita, com base no calibre do elenco e da equipa do filme, é uma jogada inteligente por parte dos estúdios.

Entre os retratados na imagem, surgem os membros The Jets e Sharks, dois grupos rivais que lutam entre si pelo domínio no cenário histórico de Manhattan. No centro da foto surge Tony, de Elgort, o antigo membro dos Jets que se apaixona por Maria (Rachel Zegler), a irmã de Bernardo, o líder dos Sharks.

Da esquerda para a direita, surgem também outros membros dos Jets – Anybodys (Ezra Menas), Mouthpiece (Ben Cook), Action (Sean Harrison Jones), Riff (Mike Faist) e Baby John (Patrick Higgins). Enquanto isso, Bernardo está acompanhado por Quique (Julius Anthony Rubio), Chago (Ricardo Zayas), Chino (Josh Andrés Rivera), Braulio (Sebastián Serra) e Pipo (Carlos Sánchez Falú).

O pano de fundo da história de 1957 está a ser trabalhado por Adam Stockhausen, que também exerceu funções de diretor de produção em “Bridge of Spies” e “Ready Player One”, por isso deve ser tão convincente e autêntico como o cenário histórico dos dramas do período recente de Spielberg.

E enquanto esta será a primeira vez que Spielberg opta pela aventura em musicais, o realizador nunca foi de desistir de um desafio técnico, sendo que já deu mostras do certo senso de carisma que tem da Broadway (mais notavelmente, em “Anything Goes” – a cena inicial de “Indiana Jones and the Temple of Doom”).

“West Side Story” tem estreia prevista nas salas de cinema para 2020.

Ler Mais
Novidades

Revelado teaser trailer de “Doctor Sleep”, sequela de “The Shining”

doctor sleep

Publicado em 2009, “Doctor Sleep” ganha agora também uma adaptação cinematográfica e é a continuação da obra que Stephen King publicou em 1977 (The Shining).

A história passa-se vários anos depois de Jack Torrance enlouquecer no Overlook Hotel mas agora narra a história do seu filho – Danny – em adulto. Nesta história, Danny mede forças com um grupo nefasto que se alimenta da energia de crianças que compartilham os mesmos poderes psíquicos que ele.

Segundo Mike Flanagan, “Doctor Sleep” não será apenas uma sequela. O realizador que também trabalhou recentemente em “Gerald’s Game” (também baseado numa obra de King) e em “The Haunting of Hill House”, afirmou que o filme servirá também de ponte entre o universo da longa-metragem de Stanley Kubrick e o romance de King.

No que toca ao filme original, qualquer fã de King que se preze sabe que existem algumas diferenças entre o romance e a longa. No entanto, a adaptação de Kubrick é considerada um clássico de terror e está tão presente na cultura popular (“Here’s Johnny!”) que deixa agora os fãs na expectativa quanto ao trabalho de Flanagan.

“It is an adaptation of the novel Doctor Sleep, which is Stephen King’s sequel to his novel The Shining. But this also exists very much in the same cinematic universe that Kubrick established in his adaptation of The Shining. And reconciling those three, at times very different sources, has been the most challenging and thrilling part of this.”

Desta feita, uma das partes mais difíceis da filmagem de “Doctor Sleep” para Flanagan foi tentar decidir o que deveria homenagear: o romance de King ou o filme de Kubrick – que King odiava notoriamente. Efetivamente, andou na corda bamba para conseguir homenagear ambas as obras: “Tanto King como a Kubrick Estate gostaram do filme!”, afirmou.

A interpretar Danny Torrance surge agora Ewan McGregor, que contracena com Rebecca Ferguson, Jacob Tremblay, Zahn McClarnon, Bruce Greenwood, Carel Struycken , Emily Alyn Lind, Jocelin Donahue, entre outros.

“Doctor Sleep” tem data de estreia prevista para o dia 14 de novembro de 2019 nas salas de cinema em Portugal.

Ler Mais
Novidades

Foram divulgadas novidades sobre “Gladiator 2”

gladiator 2

Em novembro de 2018, foi anunciado que Ridley Scott iria trabalhar na criação de uma sequela de “Gladiator”, , a longa-metragem que arrecadou o Óscar na categoria de Melhor Filme em 2001. Entretanto, os produtores do novo filme confirmaram um detalhe interessante sobre o enredo de “Gladiator 2”.

Walter F. Parkes e Laurie MacDonald confirmaram recentemente que os trabalhos em torno da sequela de “Gladiator” vão começar brevemente. Numa entrevista que deram ao HeyUGuys, os produtores afirmaram que estão a trabalhar com Scott e com o argumentista Peter Craig.

“We’re working with Ridley. That’s one we wouldn’t touch unless we felt in a way to do it was legitimate. We’re working with an amazing writer as well — Peter Craig”.

Adicionalmente, Parkes acrescentou que o enredo terá lugar entre 25 a 30 anos após os acontecimentos que foram narrados no primeiro filme. 

Ao que parece, a sequela de “Gladiator” deverá incidir na história de Lucius, o sobrinho de Commodus (que foi retratado por Joaquin Phoenix), o líder romano morto por Maximus. O personagem de Russell Crowe morreu no final do filme original e, desta forma, não será uma força motriz na sequência. Não obstante, a presença de Maximus será sentida como uma figura inspiradora para Lucius.

De acordo com esta nova pista divulgada por Parkes, e seguindo a analogia desta possibilidade no que toca ao enredo, Lucius deverá surgir na versão de jovem adulto. Em 2000, a personagem foi retratada por Spencer Treat Clark, todavia, ainda não se sabe se o ator vai voltar a interpretar o papel.

A sequela vai contar com a produção da Paramount, que trouxe Craig a bordo do projeto. Este argumentista trabalhou em “Top Gun: Maverick”, com Tom Cruise, “The Town”, de Ben Affleck, ou ainda nos dois “The Hunger Games: Mockingjay”.

Ler Mais
1 2 3 4 5 11
Page 3 of 11