close

Comic Con Portugal

Comic Con Portugal

Comic Con Portugal 2019 – Dia 4 [em atualização]

2019-09-15 12.31.22

O quarto dia da Comic Con Portugal 2019 foi sem dúvida o mais atribulado, tendo sido o dia com mais visitantes a dirigirem-se até ao Passeio Marítimo de Algés. Falaremos sobre Millie Bobby Brown e também sobre os restantes destaques neste dia que marcou o encerramento da 6ª edição do maior evento de cultura pop.

A entrada na Comic Con Portugal

Às 10 horas da manhã, abriam pela última vez as portas do recinto. A entrada foi marcada pelos fãs de Millie Bobby Brown a correrem para conseguirem garantir um autógrafo ou uma fotografia com a atriz, mas acima de tudo, uma oportunidade para poderem estar frente a frente com ela.

Escola dos Youtubers

A “Escola dos Youtubers”, série criada pelo youtuber João Jonas, foi o primeiro painel a decorrer no Golden Theatre. Com muitas crianças sentadas no chão (perto do palco, para estarem mais perto dos seus youtubers favoritos), mostrou-se um pouco de toda a produção por detrás do episódio “Baile de Finalistas”, cuja inspiração partiu dos musicais La La Land e High School Musical.

Benedict Wong

Por volta das 13h15, quando a fila para a Millie se começava a formar à entrada do GT, dava-se inicio ao painel de Benedict Wong, que entrou no auditório de forma animada dizendo:

Olá, Portugal! Está tudo bem? Pastel de nata!!

O painel, moderado por Joe Reitman falou de Avengers, Marco Polo, entre outros trabalhos do ator.

Millie Bobby Brown

O momento mais esperado por todos os fãs que estiveram ontem no recinto. Foram muitas as vezes em que se pediu para as pessoas se sentarem, devido aos vários momentos em que se achava que Millie ia entrar. Posteriormente, Diana Taveira chamou Nuno Markl que acabou por chamar a convidada de 15 anos, protagonista de Stranger Things.

Houve gritos de alegria por parte dos fãs que deram uma recepção calorosa à atriz, enquanto lá fora se ouvia insistentemente “Millie, Millie, Millie”. A atriz falou um pouco sobre onde estava quando a série estreou na Netflix em 2016 e como foi a reação dela ao receber 100.000 seguidores nas redes sociais no mesmo dia.

Contou também um pouco da sua reação quando lhe disseram que teria de rapar o cabelo e todo o processo de casting para se tornar em Eleven. Teve oportunidade de falar um pouco também do seu próximo filme “Enola Holmes“, onde interpreta Enola, irmã mais nova de Sherlock e Mycroft Holmes, personagem pela qual tem grande estima devido à sua inteligência.

Quando chegou a altura dos fãs irem até ao microfone (com uma fila quase tão grande como o próprio auditório tinha de comprimento), muitos foram os que se emocionaram mal chegou o momento de falarem. Outros disseram apenas um “I love you” (aos quais ela respondeu sempre que podia, mesmo durante o painel) e foi sempre simpática com os seus fãs, sorrindo sempre, ao longo de uma hora.

Nos autógrafos e fotografias, distribuiu abraços e inclusivé, no seu Instagram, agradeceu a Portugal numa fotografia com um bébé Eleven ao colo.

View this post on Instagram

thank u portugal… sm love for u all ♡ take a look at baby el!!!

A post shared by mills (@milliebobbybrown) on

 

Sabemos que nem todos conseguiram ver Millie Bobby Brown mas foi óptimo ver como os fãs portugueses receberam a atriz: com entusiasmo, emoção, e dedicação! Nuno Markl, moderador do painel, também deixou a sua mensagem sobre o dia:

View this post on Instagram

Não foi um dia feliz para toda a gente e a frustração e a tristeza de quem não conseguiu estar nesta sessão são compreensíveis. O clima estava tenso (eu próprio tive de me chatear com um segurança que se pôs a espingardar com o meu filho e os primos sem razão), mas sei também que a pressão era muita, e que isto foi uma prova de fogo radical para a Comic Con, cuja luta para negociar a vinda da @milliebobbybrown a Portugal foi longa, dura e só resolvida já perto da data do evento. Lições serão aprendidas, e não tenho dúvidas que ouvidos serão dados às críticas. Sobre Millie, tenho a dizer que, apesar do aparato quase de chefe de estado que a rodeava, é uma jovem divertida, simples e sem medo de fãs; àqueles que conseguiram lugar na sessão de autógrafos que se seguiu à nossa muito agradável conversa, Millie deu abraços apertados e foi acessível e genuína. No que toca à cobrança de dinheiro por autógrafos e selfies, há que dizer que não é um vedetismo ou uma exploração súbita e inesperada. Isto é norma nas Comic Cons estrangeiras e faz sentido: um autógrafo de um artista com a exposição global que alguém como Millie tem, é um item de coleccionador que valerá infinitamente mais do que, por exemplo, um rabisco do gajo que faz o Homem Que Mordeu o Cão (por isso os meus são GRÁTES!). Os preços de Millie até foram simpáticos (como me dizia ontem o meu caro vizinho e geek @joantonos, o Mark Hamill é senhor para cobrar 400 euros por um autógrafo). Fiquei triste por toda a gente que não conseguiu entrar (para que não pensem que houve qualquer favoritismo, família minha ficou de fora), mas tenho a certeza que as coisas vão ser afinadas e melhoradas.

A post shared by Nuno Markl (@nunomarkl) on

Anthony Carrigan

Estivemos presentes na conferência de imprensa com Anthony Carrigan, o recém nomeado aos Emmy Awards com a série da HBO Portugal, “Barry“.

Perguntámos a Anthony porque é que ele achava que a sua personagem Noho Hank quer tanto ser amigo de Barry (ou Bárri [ler como se escreve], como a sua personagem entoa):

AC: “Eu acho que ele vê Barry como um assassino super cool que sabe sempre o que faz. Ele é perigoso, quase como um James Bond ou um Jason Bourne mas não é! Ele até pode ser aborrecido mas aos olhos de Hank, ele é como um deus! (risos)

O ator já interpretou o meta-humano The Mist em The Flash e também já fez de Victor Zsask em Gotham como vilão. Como tal, perguntámos-lhe se interpretar vilões é algo que ele gosta de fazer ou se gostava de experimentar outro tipo de personagens.

AC: “Eu adoro interpretar vilões, é muito divertido. Como ator, é sempre divertido interpretar diferentes tipos de personagens, não só vilões, nem só heróis. É bom diversificar.”

Sobre Gotham, Anthony explicou que Victor Zsask é tão “psycho” e cómico ao mesmo tempo porque também é um pouco ele, mas que acha aborrecido quando só se faz uma coisa quando há mais por explorar.

A série Barry ganhou o Emmy Award em 2018 para Melhor Série Comédia e teve impacto na carreira de Anthony:

AC: “Teve um efeito profundo. Só as reações que as pessoas tiveram ao dizerem o quão boa a série é, tem sido fenomenal. Porque há todas estas personagens vibrantes e maravilhosas e eu próprio tornei-me um fã da série. E sempre que eu a revejo, encontro novas coisas. É sempre bom fazer parte de uma série que tu gostas.”

Falando um pouco sobre a sua nomeação ao Emmy, perguntou-se onde é que Anthony estava quando recebeu a nomeação ao que ele contou que estava em gravações de “Bill & Ted Face the Music“, até que recebeu uma mensagem de Bill Hader, o seu colega de “Barry” a dizer “Congrats, dude“.

AC: “Eu fiquei um pouco… Ok, a série foi nomeada? E ele disse: Não, tu foste! E eu acho que fiquei especado a olhar para o chão durante 5 minutos. Mas depois fui para o set e tive a oportunidade de conhecer o realizador e perguntaram-me se queria conhecer o Alex e o Keanu. E eu disse “Claro!”. […] Keanu foi uma das primeiras pessoas a dizer “Hey, parabéns pelo Emmy!”. Isso tornou tudo real, Keanu a dar-me os parabéns foi mesmo “Ok, agora sim estou nomeado!” (risos)”

This slideshow requires JavaScript.

Alexander Ludwig

Na segunda conferência de imprensa, falou-se de Vikings mas quisemos saber como foi para Alexander participar em Hunger Games, especialmente com todo o sucesso que o filme teve:

AL: “Acho que é muito entusiasmante fazer parte. Eu olho para a Millie Bobby Brown, que está aqui, ainda não a conheci mas aquele tipo de fenómeno de fazer parte de algo numa idade tão jovem… […] Lembro-me de estar no set e as pessoas estarem a tentar tirar fotografias do elenco… Eu tinha 19 anos e pensava “este filme vai ser enorme! Ainda nem saiu e as pessoas já são fãs” por causa dos livros que são incríveis e eu estou tão grato por essa oportunidade que me levaram a Vikings. Também sou grato por não ter sido a personagem principal porque ainda tenho tanto para aprender como ator e como ser humano.”

A meio da conferência (e desta pergunta), o som “estoirou” e ficámos sem microfones, algo que pode acontecer em qualquer evento. Alexander não hesitou em pegar numa cadeira e ir para perto dos jornalistas para continuar a conversa, em vez de falar num tom mais elevado a partir da mesa. Uma conferência de imprensa diferente marcada especialmente pela enorme simpatia do ator!

Sem microfone, questionámos também como foi fazer parte de Grown Ups 2 com atores tão icónicos e engraçados como Adam Sandler:

AL: “Foi fantástico! Adam Sandler é uma daquelas pessoas que encontrou uma maneira de viver a sua melhor vida, com os seus melhores amigos, sempre! (risos) Ver isso é fantástico. Ele chamava todos os seus amigos para conviverem no set e foi uma das melhores experiências da minha vida também.

Joaquim de Almeida

O ator português também teve um painel moderado por Rui Tendinha, onde falou um pouco da sua carreira profissional, dos filmes de Hollywood e não só. Como seu convidado teve António Pedro Vasconcelos, realizador do filme português “Parque Mayer” com Diogo Morgado e Daniela Melchior.

This slideshow requires JavaScript.

Mutant Blast

Em modo improviso, estivemos com mais 3 meios à conversa com Fernando Alle, o realizador de curtas-metragens como “Banana Motherfucker” e “Papa Wrestling” e agora da longa-metragem “Mutant Blast”, um filme português que está a ser muito elogiado internacionalmente por ninguém estar à espera do que acontece no mesmo. Estreia dia 17 de outubro em algumas salas de cinema portuguesas e brevemente poderás ouvir a conversa no nosso Youtube!

Concerto António Variações

Foram muitas as pessoas que foram até ao Rádio Comercial Music Stage assistir ao concerto ao final da tarde da banda do filme português “Variações”, como homenagem ao cantor António Variações. Desde “A Canção do Engate”, “É p’rá amanhã”, “Anjinho da guarda”, entre outras, Sérgio Praia dançou em cima de palco, dançou no meio do público e com a banda proporcionaram aos visitantes um dos melhores momentos do dia.

This slideshow requires JavaScript.

A Comic Con Portugal terminou assim e para o ano volta com mais uma edição. Vejam mais algumas fotografias aqui:

This slideshow requires JavaScript.

 

 

Ler Mais
Comic Con Portugal

Comic Con Portugal 2019 – Dia 3 [em atualização]

IMG_8299

O terceiro dia da Comic Con Portugal 2019 teve música, teve um pouco de Vikings, Piratas das Caraíbas e ainda Marvel! Querem saber do que estamos a falar? Descobre tudo aqui.

Hollywood in Concert

O concerto da Lisbon Film Orchestra com o Canal Hollywood tem sido uma constante na Comic Con Portugal e é sempre um dos eventos mais esperados pelos visitantes porque podem ouvir as bandas sonoras dos seus filmes preferidos e prova disso era a fila que já existia à porta do Golden Theatre praticamente 45 minutos antes do início do espetáculo, assim como a maioria das cadeiras que foram ocupadas.

Tocou-se Star Wars, Piratas das Caraíbas, James Bond, Senhor dos Anéis mas houve ainda algumas novidades como Avengers, um dueto de Shallow do filme “A Star is Born”, a música Can You Feel The Love Tonight do Rei Leão e ainda um dos momentos altos do concerto: Bohemian Rhapsody, que foi cantado pelo público proativamente e em uníssono, enquanto a orquestra tocava o instrumental apenas.

This slideshow requires JavaScript.

Benedict Wong

Benedict Wong é conhecido por diversos papéis mas certamente que o que temos mais em mente é o de Wong em Doctor Strange, Infinity War e Avengers: Endgame. O feiticeiro da Marvel esteve na conferência de imprensa para falar um pouco de trabalhos como Marco Polo, sobre o universo cinematográfico, entre outros assuntos.

Perguntámos a Benedict sobre Doctor Strange 2: Multiverse of Madness, anunciado recentemente na Fase 4 da Marvel, e se sempre vai ser um filme de terror, ao que o ator respondeu:

Nós conhecemos o Scott [Derrickson] de coisas como The Sinister, e eu penso que ele vai voltar para a sua zona do terror e é tudo o que sei

Ficámos curiosos sobre como foi para o ator não poder falar de nada sobre Infinity War e Endgame:

BW: “Foi… sim… Foi uma “loucura”! Foi possivelmente um dos maiores segredos do filme mais antecipado de sempre! […] Nós nem sabíamos, era um pouco como o tempo de Shakeaspeare em que tens apenas as tuas falas e depois é logo *estala os dedos* estás on! Foi muito entusiasmante entrar num cinema sabendo que és parte disso, sabendo as cenas que interpretaste sem ter ideia… Todos os atores querem saber o arco da história… Para nós foi como um queijo suíço, um bocado aqui e acolá e estar ali com todos e estar nesta “viagem”… Infinity War foi tão entusiasmante e Endgame é lágrimas a cairem, para toda a gente.”

BW: “É isso, tem sido uma jornada fantástica e eu realmente desfrutei, fazendo parte desta carreira “louca” que tenho tido.”

Houve ainda o painel com Benedict sobre “Um dia na vida de um Vingador”, moderado por Rui Tendinha.

Contamos-vos tudo brevemente!

This slideshow requires JavaScript.

Alexander Ludwig

Chegou a vez de Alexander Ludwig na conferência de imprensa onde o tema principal foi sem dúvida Vikings, e toda a sua preparação e experiência ao estar nessa série durante seis temporadas, mas outros trabalhos pelos quais o ator ficou conhecido não passaram despercebidos!

Questionámos como foi a preparação para o seu papel em Vikings, se leu ou viu algo relacionado com a história dos mesmos.

AL: “A maioria da minha pesquisa veio de estar sentado a ouvir o nosso historiador Justin, que trabalha muito com o realizador Michael Hirst e apenas ouvir todo o conhecimento acumulado sobre os vikings ao longo dos anos.” 

AL: “Eu e o Gustaf Skarsgard que interpreta Floki, que é um dos meus melhores amigos, fizemos uma viagem até à Islândia e fomos até aos sítios em que os Njáls saga aconteceram e de onde as histórias vieram e também conhecemos outro historiador lá e falámos ao detalhe com ele. Gosto de pensar que já tenho um bom conhecimento da cultura viking mas ainda há muito mais.”

Alexander também disse que faria todo o sentido fazer um spin-off da série visto haver ainda muitas histórias interessantes sobre a cultura viking para contar. Acrescentou também que está muito orgulhoso de ter participado nesta série.

AL: “Estou tão orgulhoso da série porque pega numa cultura que foi tão “vilanizada” e que humanizaram de uma maneira que nunca foi feita, acho, e estou orgulhoso de ter feito um pouco parte disso.”

Alexander esteve ainda com Joe Reitman num painel para responder às questões dos fãs.

Contamos-te tudo brevemente!

This slideshow requires JavaScript.

Kevin McNally

Passámos pelo painel do pirata Gibbs para ouvir algumas questões dos fãs. Contamos-te tudo em breve!

This slideshow requires JavaScript.

 

This slideshow requires JavaScript.

Ler Mais
Comic Con Portugal

Comic Con Portugal 2019 – Dia 2 [em atualização]

IMG_8043

Com mais cosplayers pelo recinto e menos calor, o segundo dia fez-se com painéis de La Casa de Papel, de Tricia Helfer com Battlestar Galactica e ainda o painel de vilões com Todd e Joe!

Todd Stashwick

Tivemos a oportunidade de entrevistar este ator que esteve na Comic Con Portugal nos dias 12 e 13 de setembro, por isso, estejam atentos ao site!

Tricia Helfer

A atriz conhecida por interpretar Number Six em Battlestar Galactica e mais recentemente por interpretar a mãe de Lucifer na série da Netflix com o mesmo nome, esteve à conversa connosco na conferência de imprensa.

Falou-se então sobre Lucifer e na maneira como os fãs acabaram por salvar a série após ter sido cancelado, ao que Tricia aproveitou para lhes agradecer.

Acabou por se passar para Battlestar Galactica, onde lhe perguntámos como foi trabalhar com um ator tão icónico como Edward James Olmos, que já esteve na Comic Con Portugal em 2017.

Foi maravilhoso! Quando eu gravei Battlestar e recordo que eu era a nova atriz, e ele já era este ator icónico […] e ver a sua paixão, o seu amor pelo público, o querer tornar a série melhor, a sua atenção pelos detalhes e a sua dedicação foi realmente algo…”

Também se falou sobre o podcast dela, onde revisitava a série Battlestar Galactica e revia todos os episódios e falava sobre eles, e sobre o mesmo ela referiu que a história da série faz ainda mais sentido nos dias de hoje do que fazia na altura em que a série foi feita.

This slideshow requires JavaScript.

Itziar Ituño e Esther Acebo

[em atualização]

This slideshow requires JavaScript.

Kevin McNally

This slideshow requires JavaScript.

This slideshow requires JavaScript.

Créditos das fotografias: The Golden Take

Ler Mais
Comic Con Portugal

Comic Con Portugal 2019 – Dia 1

pórtico comic con portugal 2019

O primeiro dia da Comic Con Portugal 2019 já começou e já está tudo preparado para te receber no Passeio Marítimo de Algés! 

Apesar do calor que se faz sentir no recinto, o mesmo já vai ficando composto pelos fãs que decidiram vir até ao maior evento da cultura pop em Portugal.

Existem inúmeras ativações para os visitantes: Podem ser “empalados” em forma de chocolate, podem ganhar uma viagem a Nova Iorque com a AMC ou até mesmo fazer um casting de vozes para entrar na versão portuguesa de “Frozen 2”.

Todd Stashwick

Estivemos na conferência de imprensa com Todd Stashwick, onde se falou um pouco sobre alguns dos seus trabalhos como “12 Monkeys” e “Supernatural”. Sobre “12 Monkeys”, quando lhe foi perguntado, falou um pouco de como se preparou para as cenas de luta e que períodos temporais mais gostou de gravar na série.

Como fã de Star Wars (e nós também), perguntámos a Todd que personagem de Star Wars gostava de interpretar se tivesse oportunidade e ele respondeu prontamente e repetidamente

“Han Solo”!

Também lhe perguntámos onde tinha ido buscar a inspiração para o próximo vilão que vai interpretar em “Kim Possible”, Dr. Drakken, ao que respondeu que

“Em primeiro lugar, tem de se honrar a personagem original […] Drakken foi uma mistura de John Dimaggio, o Joker de Mark Hamill, um pouco de Tim Curry de Rocky Horror Picture Show e um pouco de Gene Wilder em Willy Wonka.”

This slideshow requires JavaScript.

Itziar Ituño e Esther Acebo

Depois de termos passado pelo painel de La Casa de Papel em que foram desvendadas várias curiosidades sobre as personagens Raquel Murillo de Itziar e de Mónica Gaztambide de Esther, tivemos oportunidade de falar um pouco com as duas atrizes sobre a série espanhola que se tornou mundialmente conhecida.

Falou-se dos desafios que tiveram com as suas personagens, sobre a importância de uma série em espanhol e da própria língua noutros países e do quanto gostam de Portugal. Também foi perguntado se acham que estes papéis vão marcar a carreira delas futuramente.

Perguntámos pela reação dos fãs quando [spoiler alert] Raquel e Mónica se juntaram aos assaltantes. Itziar confessou que:

“Houve um pouco de tudo mas 20% queriam que a Raquel Murillo continuasse a estar na polícia:”

Esta resposta fez com que Esther ficasse admirada dizendo logo “A sério?”.

Em tom de brincadeira, decidimos perguntar a Itziar qual era o ingrediente secreto do ouro de Portugal mas ela não nos contou!

This slideshow requires JavaScript.

Tivemos ainda oportunidade de passear pelo Geek Market onde podem encontrar todos os coleccionáveis e merchandising das vossas séries e filmes preferidos, assim como o Artist’s Alley onde estavam contemplados alguns trabalhos.

O primeiro dia chegou ao fim mas amanhã há mais novidades!

This slideshow requires JavaScript.

Créditos das fotografias: The Golden Take

Ler Mais
Comic Con PortugalNovidades

Millie Bobby Brown | Cinema & TV | Comic Con Portugal 2019

millie bobby brown

Millie Bobby Brown, a atriz mais conhecida pelo seu papel em “Stranger Things” como Eleven, vai estar na Comic Con Portugal 2019 no dia 15 de setembro!

Fotografia: Comic Con Portugal

A atriz, nascida em Marbella (Espanha) tem apenas 15 anos mas já figura na lista da revista TIME das “100 pessoas mais influentes do mundo” e é a terceira de quatro irmãos.

Foi escolhida muito nova para o papel de Alice, na série “Once Upon a Time in Wonderland” de 2013, spin-off de “Once Upon a Time” (2011). Em 2013, após uma audição auto-gravada, conseguiu o papel e Madison O’Donnell na série paranormal “Intruders” (2014).

Também participou em “NCIS: Naval Criminal Investigative Service” em 2013, em “Modern Family” (2009), em “Grey’s Anatomy” (2005) e também no videoclip de “Girls Like You” dos Maroon 5.

Em 2016, surgiu pela primeira vez como a cinética Eleven na série de ficção científica da Netflix, “Stranger Things”. Esse papel valeu-lhe a nomeação para os Screen Actors Guild Award e para os Emmy Awards. 

Em 2019, estreou-se no cinema como Madison, no filme “Godzilla: King of the Monsters” e vai regressar com o mesmo papel em “Godzilla vs. Kong” que sairá para os cinemas em 2020.

Entre os seus projetos futuros, Millie também vai representar Enola Holmes, irmã mais nova de Sherlock Holmes e Mycroft Holmes, no filme com o mesmo nome,

Também lançou recentemente a sua marca de maquilhagem vegan que se chama Florence By Mills, como homenagem à sua bisavó.

Ler Mais
Comic Con PortugalEventosNovidades

Kevin McNally | Cinema & TV | Comic Con Portugal 2019

kevin mcnally

Kevin McNally também vai estar presente na Comic Con Portugal 2019 nos dias 13 e 14 de setembro, como convidado da área de Cinema & TV. Interpretou Joshamee Gibbs nos filmes dos Piratas das Caraíbas.

Fotografia: Kevin McNally

Kevin McNally desde os anos 70 que esteve envolvido em diversas produções televisivas. Interpretou um governante romano chamado Beaver na série histórica da BBC, “I, Claudius” (1976) e participou na série “Poldark” em 1977 como Drake Meat.

Esteve ainda envolvido na série “Doctor Who: The Twin Dilemma” (1984), em “Hard Cases” (1989), “Tygo Road” (1990), “Full Stretch” (1993) e “Frontiers” (1996). Passou também pelas minisséries “Masada” (1981), Diana (1984), Underworld (1997).

Na sua carreira televisiva, constam ainda papéis principais e secundários em séries como Kirov em “Stalin” (1992), Alan Hook em “Dad” (1997), James Hopkins em “Bloodlines” (2005), Harry Woolf em “Life on Mars (2006) e Frank Worsley em “Shackleton” (2002).

Mais recentemente participou nas séries “Das Boot” e “Designated Survivor” e inclusivé passou por “Downton Abbey” e “Supernatural”.

Em 2003, faz o primeiro filme de “Piratas das Caraíbas: A Maldição do Pérola Negra” onde interpretou o papel de Joshamee Gibbs. Esse papel foi também interpretado em “Piratas das Caraíbas: O Cofre do Homem Morto” (2006),  “Piratas das Caraíbas: Nos Confins do Mundo” (2007) e indo até 2017 com “Piratas das Caraíbas: Homens Mortos Não Contam Histórias”.

 

Ler Mais
Comic Con PortugalEventos

Itziar Ituño e Esther Acebo | Cinema & TV | Comic Con Portugal 2019

la casa de papel itziar e esther

Itziar Ituño e Esther Acebo interpretam Lisboa e Estocolmo, respetivamente, na série espanhola La Casa de Papel e vão estar presentes na Comic Con Portugal 2019 nos dias 12 e 13 de setembro!

As personagens das duas atrizes juntaram-se aos assaltantes de La Casa de Papel no final da segunda temporada. Agora, também têm os nomes de cidades, Lisboa e Estocolmo.

Itziar Ituño estudou representação na Basauri Theater School e em 1999 entrou na série Goenkale que era popular na altura no País Basco e onde interpretava Nekane Beitia. Esteve também envolvida em alguns filmes como “Loreak” (2015) e “Igelak” (2016). Em 2017 juntou-se à série espanhola da Netflix, conhecida mundialmente, onde interpretou Raquel Murillo, a inspetora que negociava com o Professor no assalto à Casa da Moeda.

Esther Acebo é atriz mas também é apresentadora de televisão e jornalista. Entrou no filme “Los encantados” (2016) e na série “Antes de perder” (2019). Como apresentadora, esteve no programa infantil Kosmi Club e posteriormente no programa espanhol Non Stop People. Em La Casa de Papel em 2017 representou a refém Mónica Gaztambide que acaba por se apaixonar por um dos assaltantes, Denver.

Ler Mais
Comic Con PortugalEventos

Alexander Ludwig | Cinema & TV | Comic Con Portugal 2019

unnamed (7)

O ator Alexander Ludwig é conhecido por estar presente na série “Vikings” mas também por filmes como “Grown Ups 2”, “Hunger Games”, e brevemente em “Bad Boys for Life” vai estar presente nos dias 14 e 15 de setembro na Comic Con Portugal 2019!

Fotografia: Comic Con Portugal

 Alexander Ludwig é canadiano e aos 9 anos iniciou a sua carreira com peças televisivas e comerciais. Em 2007 conseguiu o papel de Will Stanton no filme “The Seeker: The Dark is Rising”.

Em 2012 viria a interpretar Cato no filme de sucesso “The Hunger Games” com Jennifer Lawrence, Liam Hemsworth e Josh Hutcherson.

Entretanto participou em diversos filmes como “Grown Ups 2” com Adam Sandler, “Lone Survivor” realizado por Peter Berg, “When the Game Stands Tall”, com Laura Dern, entre outros.

Ainda entrou no filme “Race to Witch Mountain” junto a Dwayne Johnson e Carla Gugino e “Go With Me”, onde pôde contracenar com Anthony Hopkins e Julia Stiles.

Em 2014, entrou para a série televisiva do Canal História, “Vikings”, para representar Björn Ironside, filho de Ragnar Lothbrok, série que já vai para a sua sexta temporada.

Brevemente, vai participar no filme “Bad Boys for Life” com Will Smith e em “Midway” que conta com Luke Evans, Patrick Wilson, Mandy Moore, entre outros.

Alexander vai estar na Comic Con Portugal nos dias 14 e 15 de setembro!

 

Ler Mais
Comic Con PortugalEventos

Anthony Carrigan | Cinema & TV | Comic Con Portugal 2019

anthony carrigan

Anthony Carrigan foi confirmado como convidado da área de Cinema & TV da Comic Con Portugal no dia 15 de setembro! É mais conhecido por entrar na série da HBO, “Barry”. 

Fotografia: Comic Con Portugal

O ator Anthony Carrigan nasceu em Massachusetts e é apaixonado pelo teatro. Formou-se no programa de representação de Carnegie Mellon.

Apareceu em 2008 em “Law & Order: Criminal Intent” mas foi a série Forgotten (2009) da ABC, a sua grande estreia onde contracenou com Christian Slater e Elisha Cuthbert. Em 2010, juntou-se a “Parenthood” como Cory Smith.

Ainda no mundo das séries, participou em “The Flash”, onde fazia do meta-humano Kyle Nimbus/The Mist e fez ainda do vilão Victor Zsasz na série “Gotham”, onde também Todd Stashwick, outro dos convidados da Comic Con Portugal entra como “The Mask”.

Atualmente interpreta NoHo Hank, um mafioso checheno, na série da HBO Portugal, “Barry“, que está nomeada para um Emmy Award de “Melhor Série Comédia” e também ele está nomeado para “Melhor Ator Secundário numa Série de Comédia”. Representa ao lado de Bill Hader, Stephen Root e Henry Winkler que também estão nomeados.

Esta série conta a história de Barry, um assassino que está deprimido depois de voltar da guerra e vai até Los Angeles para executar um aspirante a ator e é aí que se apaixona pelo teatro. NoHo só quer ser amigo de Barry.

Enquanto Barry está em hiato, estando a caminho da sua terceira temporada, Anthony está a gravar dois filmes. O primeiro irá ser co-protagonista com Kevin Hart e Alfre Woodard em “Fatherhood” que está previsto para abril de 2020.

O segundo é “Bill & Ted Face the Music” onde fará de vilão na terceira parte dos filmes de comédia mais aguardados, com data prevista para agosto de 2020.

Foi diagnosticado aos três anos com Alopecia Areata, uma doença auto-imune que causa a queda do cabelo. Em 2014 o ator decidiu abraçar esta doença e com isto fala regularmente em eventos que inspiram pessoas, principalmente crianças.

 

Ler Mais
1 2 3
Page 1 of 3