Modern Family: 11 temporadas depois, o adeus a esta (grande) família

11 temporadas depois, chega ao final uma das melhores séries de comédia dos últimos tempos – “Modern Family” – que promete deixar muitas saudades nos corações dos fãs.

É certo que não acompanhei Modern Family desde o momento em que estreou mas não esteve muito longe disso. O mais interessante desta série é que, ao contrário de Friends que tem 10 temporadas ou de How I Met Your Mother com 9, esta série tem 11 temporadas em que vimos os atores e, consequentemente, as suas personagens a crescer (literalmente) à medida que o tempo passava.

Já sinto saudades das piadas maravilhosas do Phil, sendo que adorava ter uma cópia do “Phil’sosophy”. É impossível não ter saudades também de Claire com a sua ambição de ter tudo sobre controlo, ou da excentricidade de Cam, do sotaque de Gloria, e das peripécias da Haley, Luke e Alex. Todos nesta família têm o seu lugar e todos eles foram amadurecendo com o tempo.

Não acho que a 11ª temporada tenha sido a melhor de todas as que Modern Family teve mas foi importante para percebermos estas dores de crescimento: como é que o orgulhoso do Jay passa a exprimir os sentimentos; como é que a Haley lida com o facto de ter gémeos quando tudo o que ela foi até então foi irresponsável, com a Gloria sem saber com o que sentir por estar a trabalhar em vez de ficar por casa, ou até mesmo com Claire e Phil a lidarem com o facto de todos os seus filhos irem sair de casa, ficando sozinhos.

Esta família sempre teve com várias personalidades, várias diferenças mas acho que isso é que a tornava a família perfeita, porque aprenderam a conviver uns com os outros e acima de tudo, a lidar uns com os outros. E claro, a suportar as perdas juntas, como foi com o caso do episódio especial dedicado a Fred Willard, que interpretava o pai de Phil Dunphy, que faleceu durante este ano – ainda assim, está nomeado para Melhor Ator Convidado numa Série de Comédia com este papel.

Claro que os finais de séries tão longas são sempre meio agridoces:  não queremos que acabem e por muito que não seja um final satisfatório, é impossível não derramar a lágrima – especialmente quando começam a mostrar imagens da primeira temporada com os atores tão novinhos. Mas no final de contas, Modern Family acaba por nos dar grandes lições familiares e até pessoais e vamos lá ver… nós crescemos, rimos e chorámos com eles durante esta década que passou. Criámos aquela ligação de quase sentirmos que fazem parte da nossa família (ou nós da deles).

Agora resta dizer adeus à série, na esperança que venha outra comédia tão boa como esta e como tantas outras que já foram confrontadas com o seu final.

“When life gives you lemonade, make lemons. Life’ll be all like ‘what?!’”

Phil Dunphy

Posts relacionados

I Know What You Did Last Summer: Primeiras Impressões

You – Temporada 3: Poderá esta relação ser salva nos subúrbios?

Sombra: Os rostos que não deixam de ser procurados