Box-Office Portugal: “Velocidade Furiosa 9” já é o filme mais visto do ano

Desde a reabertura dos cinemas em Abril que o box-office recuperava pouco a pouco o ar de outros tempos. Mas nada como um novo capítulo da saga furiosa para elevar a fasquia do pós-pandemia.

Em apenas 1 semana, de 24 a 30 de Junho, “Fast & Furious 9” foi visto por 118.034 espectadores, o melhor resultado nas bilheteiras portuguesas desde os 152.748 espectadores de “Star Wars: The Rise of Skywalker”. A título de curiosidade, em 2020, apenas “1917” ultrapassou as 100 mil pessoas (109.347).

© 2021 Universal Pictures. All Rights Reserved.

Como já é hábito, sem qualquer comparação entre a época atual e anterior à pandemia, ficam aqui os resultados das semanas de estreias da saga furiosa em Portugal, desde que há registos informatizados do ICA:

  • “Fast & Furious” (16 Abril 2009) – 114.711 espectadores
  • “Fast Five” (5 Maio 2011) – 172.900 espectadores
  • “Fast & Furious 6” (23 Maio 2013) – 177.938 espectadores
  • “Furious Seven” (2 Abril 2015) – 359.030 espectadores
  • “The Fate of the Furious” (13 Abril 2017) – 352.781 espectadores
  • “Fast & Furious Presents: Hobbs & Shaw” (1 Agosto 2019) – 103.643 espectadores

De mencionar que em 2019, “Hobbs & Shaw” não foi exibido nos cinemas NOS, devido a um desentendimento entre os estúdios da Universal Pictures e a distribuidora NOS Audiovisuais. E apesar do desentendimento ter continuado ao longo de quase 2 anos, levando inclusivamente o catálogo de estreias da Universal a passar da NOS para a Cinemundo, agora, finalmente, o machado de guerra foi pousado e “Fast & Furious 9” estreou sem restrições nos cinemas NOS e em todos os outros exibidores portugueses.

© 2021 Constantin Film. All Rights Reserved.

O restante top 5 foi composto por “Hitman’s Wife’s Bodyguard” em 2º (8.958), “Cruella” em 3º (8.683), “The Conjuring 3” em 4º (8.445) e “Extinct” em 5º (6.390). A estreia seguinte encontra-se fora do top 10, com o remake de terror “Wrong Turn” em 11º lugar, visto por 1.096 espectadores. O nomeado ao Óscar de Melhor Filme Internacional “The Man Who Sold His Skin” levou às salas 716 pessoas e a comédia romântica com Emily Blunt, Jamie Dornan e Jon Hamm “Wild Mountain Thyme” não passou dos 674 espectadores em 15º lugar. “Colectiv”, nomeado aos Óscares de Melhor Documentário e Melhor Filme Internacional não alcançou o top 20 do box-office.

© 2020 Bleecker Street. All Rights Reserved.

Para a semana, os resultados de “The Croods: A New Age”, “The Ice Road” e a pré-estreia de “Black Widow”, devem ser os principais destaques.

Posts relacionados

I Know What You Did Last Summer: Primeiras Impressões

You – Temporada 3: Poderá esta relação ser salva nos subúrbios?

Sombra: Os rostos que não deixam de ser procurados