close
CríticasFilmes

Avengers: Endgame | SPOILER FREE | 11 anos depois… Whatever it takes

11 anos de histórias, de personagens, de emoções. Rimos, chorámos mas agora chegámos ao objetivo final. Um dos filmes mais aguardados do ano, Avengers: Endgame, estreia a 25 de abril!

Como esta crítica vai ser spoiler free, não vou aprofundar nenhuma opinião, falando de tudo muito no geral.

Começar por dizer que… são 11 anos de Marvel e 22 filmes + os comics todos que contam as histórias destas personagens que tanto adoramos e estimamos. É qualquer coisa de fantástico, o que torna este filme por si só, também algo de maravilhoso.

Sabemos que o Endgame vem na continuidade do Infinity War mas é uma história que já tem vindo a ser construída ao longo do tempo. É algo que já deixou os fãs entusiasmados, tristes e às vezes com sentimentos que nem dá para explicar.

E é mesmo essa a reação que os fãs têm ao ver este filme. Há tanta coisa que nos deixa maravilhados e que reflete o amor que temos vindo a dar ao longo dos anos a este universo.

Não há grandes palavras para descrever o filme mal acabamos de o ver. Até eu estou com a sensação que vi o filme mas preciso de ver outra vez porque não quero acreditar no que vi. É algo estranho mas também empolgante. É esse tipo de filme.

É o filme que vos vai fazer ir ver mais do que uma vez, quem sabe mais do que duas, e que nos faz sentir aquela excitação durante o filme. E os irmãos Russo nisso tiveram muita responsabilidade porque realmente o trabalho de realização dos mesmo não desilude.

Todas as representações de quem entra no filme (e que não vamos dizer quem são) estão impressionantes. Nota-se o crescimento, aquele objetivo final atingido nisto que é ser um super herói.

A banda sonora transporta-nos para várias fases ao longo destes 11 anos mas sem dúvida que ouvir a “Avenger Assemble” será sempre a que traz mais arrepios. Alan Silvestri com as músicas ao longo do filme volta a fazer um óptimo trabalho e faz com que cause impacto o que ouvimos.

No que toca aos efeitos visuais, já temos sido habituados a algo magnífico de se ver, que nos leva para os planetas, pela galáxia, entre tantos outros sítios como já têm sido ao longo dos anos. Faz-nos mesmo acreditar que estes super-heróis existem e que está tudo a acontecer naquele momento.

O argumento pouco ou nada tem de falhas. Mas se calhar muitas pessoas poderão pegar por isto se quiserem apontar alguma falha ao filme. Por mais teorias que tenham, nenhuma delas vos vai preparar concretamente para o que vão ver.

Nota-se que o filme consegue arranjar um equilíbrio entre o drama com cenas mais calmas que servem para a construção das personagens e a acção que, claro, é essencial neste filme.

Isto acaba por vir a ser muito importante porque, como sabemos, as nossas personagens estão numa fase em que perderam tudo mas estão determinadas a fazer também tudo para alterar a situação atual.

Acho que os fãs da Marvel e dos Avengers vão gostar muito deste Endgame. Nem que seja porque já vamos todos com o mesmo sentimento para o cinema – “Whatever it takes.”.

Review overview

Representação 9.7
Realização 9.7
Argumento 9.5
Fotografia 9.7
Efeitos Visuais 10
Banda Sonora 9.5

Summary

9.7 Rating

Tags : Avengersavengers endgameendgameirmãos russomarvelmarvel studiosmcuuniverso marvel
Beatriz Silva

The author Beatriz Silva

%d bloggers like this: